Vitaminas e minerais

Selênio: o que é, para que serve, benefícios e deficiência

Por Francysco, em 02/01/2022

O selênio é um oligoelemento, este nutriente ajuda desempenhar um papel em muitos processos corporais, incluindo, reprodução, função da glândula tireoide, produção de DNA.

selenio

Além disso, ele também ajuda a proteger o corpo dos radicais livres, que são células instáveis ​​que se movem pelo corpo e podem aumentar o risco de doenças, incluindo câncer
protegendo o corpo de infecções.

No entanto, este mineral essencial é encontrado no solo, na água e em alguns alimentos.

O que é selênio:

o que e selenio

O selênio é um mineral que se encontra naturalmente no solo e também em certos alimentos.

Além disso, ele é um componente de enzimas antioxidantes, particularmente a glutationa redutase, é a chave para reparar os tecidos do corpo.

Isso porque ele aumenta as capacidades antioxidantes e a qualidade do fluxo sanguíneo, pode ajudar a aumentar a resistência contra doenças e efeitos do estresse.

Acredita-se que sua capacidade de combater o estresse oxidativo e a inflamação se devam aos diferentes tipos de proteína encontradas no selênio.

Para que serve selênio:

para que serve o selenio

A função primária do selênio é atuar como antioxidante, o que significa que pode ajudar a proteger as células e tecidos do corpo dos danos causados ​​pelos radicais livres.

Esses radicais livres são formados continuamente a partir de funções normais do corpo, como metabolismo e respostas do sistema imunológico, ou atividades de estilo de vida, como fumar e consumo de álcool.

Se o corpo é deficiente em antioxidante como o selênio por longos períodos, esses radicais livres podem se acumular e causar danos progressivos às células e tecidos.

Este mineral também está envolvido com outras funções de proteção do corpo, como reparo de DNA e morte celular programada (apoptose).

Além disso, ele auxilia no reparo do DNA , ajudando a aumentar a atividade das enzimas de reparo do DNA, que podem prevenir danos celulares fatais e potenciais mutações.

Alimentos ricos em selênio:

alimentos ricos em selenio

Além disso, muitos grãos integrais e laticínios, incluindo leite e iogurte, são boas fontes de selênio.

Assim também como a carne de porco, carne bovina, peru, frango, peixe, marisco e ovos.

Outros alimentos ricos em selênio incluem:

  • Feijão cozido;
  • Arroz integral;
  • Queijo cottage;
  • Macarrão enriquecido;
  • Fígado de boi;
  • Camarão;
  • Presunto assado;
  • Sardinhas;
  • Atum.

Benefícios do selênio para saúde:

benefícios do selênio

Melhora a saúde cardiovascular:

Por causa de suas propriedades antioxidantes, há muito se levanta a hipótese de que o selênio pode prevenir doenças cardiovasculares e outras doenças crônicas.

Além disso, a suplementação de selênio aumenta a atividade antioxidante enzimática.

Prevenção do câncer:

O câncer é causado principalmente por danos ao DNA dentro das células que resultam em mutações genéticas.

Ao prevenir o dano ao DNA, auxiliando no reparo do DNA e auxiliando na apoptose, o selênio pode ajudar a prevenir e retardar a propagação do câncer.

Os benefícios do selênio foram relatados em vários tipos de câncer, incluindo câncer colo retal, de próstata, de pulmão, de bexiga, de pele, de esôfago, de ovário e de estômago.

Reduz o risco de doenças cardíacas:

Além disso, este mineral é protetor contra doenças cardíacas principalmente devido aos seus efeitos antioxidantes, que podem proteger o coração e os vasos sanguíneos da inflamação, danos e disfunções.

Reduz o risco de doenças da tireoide:

A glândula tireoide é vital para o metabolismo, crescimento e desenvolvimento normais.

O selênio está mais concentrado na tireoide do que em qualquer outro órgão do corpo e foi encontrada uma associação entre níveis saudáveis ​​de selênio e menor risco de danos à tireoide, especialmente em mulheres.

Melhora a fertilidade:

O selênio é vital para o metabolismo de certos hormônios sexuais, como a testosterona, e na produção de espermatozoides saudáveis ​​e folículos ovarianos.

Além disso, ele também ajuda a proteger os órgãos reprodutivos contra a inflamação e os danos causados ​​pela oxidação.

Deficiência de selênio:

deficiencia de selenio

A deficiência de selênio também desempenha um papel nas doenças mio degenerativas, como a fraqueza muscular, o estado de baixo selênio foi associado a humor deprimido, ansiedade e confusão.

Referencias:

  • https://www.medicalnewstoday.com/articles/foods-with-selenium#summary
  • https://www.verywellfit.com/selenium-requirements-and-dietary-sources-2507037
  • https://www.wellnessworkdays.com/post/selenium-trace-mineral-with-big-benefits
  • https://draxe.com/nutrition/selenium-benefits/
  • https://www.tonichealth.co/blogs/news/the-7-benefits-of-selenium
  • https://www.webmd.com/a-to-z-guides/supplement-guide-selenium
  • https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-1003/selenium
Atenção: O Dicas de Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde..
Sair da versão mobile