DICAS

Conjuntivite – Oque é Sintomas e Tratamento, Prevenção

Conjuntivite – Oque é Sintomas e Tratamento, Prevenção
5 (100%) 4 votes

Conjuntivite – Oque é Sintomas e Tratamento, Prevenção. Alem disso, A Conjuntivite é a doença ocular causada pela inflamação e/ou infecção da conjuntiva, a fina membrana que recobre parte dos nossos olhos. Existem várias causas de Conjuntivite, incluindo infecções, alergias, irritações por substâncias e até neoplasias. Os principais sintomas da Conjuntivite são os olhos vermelhos, dor e lacrimejamento.Neste artigo vamos explicar o que é a Conjuntivite, quais são as suas principais causas, sintomas, formas de transmissão e opções de tratamento. Vamos explicar também quais são as diferenças entre as Conjuntivites bacterianas, virais e alérgicas.

O que e a Conjuntivite:

A Conjuntivite é uma doença que se caracteriza pela inflamação da conjuntiva, causada por agentes tóxicos, alergias, bactérias ou vírus. A conjuntiva é a membrana transparente que recobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra. A Conjuntivite viral é altamente contagiosa, freqüente no verão, e apesar de não ser grave provoca muito incômodo e alguns cuidados devem ser tomados para que não se transforme em epidemia.

Geralmente compromete os dois olhos, não necessariamente ao mesmo tempo, sendo o contagio feito pelo contato direto com a pessoa doente ou objetos contaminados. Esta contaminação ocorre com maior facilidade em ambientes fechados como escolas, creches e ônibus.

Sintomas da Conjuntivite:

Os principais sintomas da conjuntivite são:

  • Olho vermelho e lacrimejante;
  • Inchaço nas pálpebras;
  • Intolerância à luz;
  • Visão embaçada;
  • Visão borrada.

A secreção da Conjuntivite viral é mais esbranquiçada, em pequena quantidade e demorando aproximadamente 15 a 20 dias para desaparecer com tratamento adequado. A secreção da Conjuntivite bacteriana é mais amarelada e abundante. Demorar de 5 a 7 dias para desaparecer com tratamento adequado.

Tratamento Para Conjuntivite:

Não existe tratamento específico para Conjuntivite viral. Para diminuir os sintomas e o desconforto pode-se utilizar soro fisiológico gelado e compressas sobre as pálpebras, limpar os olhos com frequência, ou ainda, usar colírios lubrificantes e lágrimas artificiais.

Algumas medidas podem ser tomadas para se evitar a propagação da Conjuntivite viral:

  • Lave suas mãos com frequência.
  • Não coloque as mãos nos olhos para evitar a recontaminação.
  • Evite coçar os olhos para diminuir a irritação da área.
  • Lave as mãos antes e depois do uso de colírios ou pomadas.
  • Ao usar, não encoste o frasco do colírios ou da pomada no olho.
  • Evite a exposição à agentes irritantes (fumaça) e/ou alégenos (pólen) que podem causar a Conjuntivite.
  • Não use lentes de contato enquanto estiver com Conjuntivite.
  • Não use lentes de contato se estiver usando colírios ou pomadas.
  • Não compartilhar lençóis, toalhas, travesseiros e outros objetos de uso pessoal de quem está com Conjuntivite;
  • Evitar piscinas.

É importante que haja o acompanhamento do oftalmologista para um diagnóstico preciso e tratamento adequado. A Conjuntivite bacteriana deve além desses cuidados, usar colírios e antibióticos prescritos somente pelo oftalmologista.

Prevenção Para Conjuntivite:

  • É difícil prevenir-se das Conjuntivites, mas algumas medidas podem diminuir o risco de você adquirir uma Conjuntivite, que são:
  • Não use maquiagem de outras pessoas (e nem empreste as suas).
  • Evite compartilhar toalhas de rosto.
  • Lave as mãos com frequência e não coloque-as nos olhos.
  • Use óculos de mergulho para nadar, ou óculos de proteção se você trabalha com produtos químicos
  • Não use medicamentos (pomadas, colírios) sem prescrição (ou que foram indicados para outra pessoa).
  • Evite nadar em piscinas sem cloro ou em lagos.

Gostou das dicas?

comments

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.